Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DreamAchieve

Psicologia, Coaching PNL e Desporto

DreamAchieve

Psicologia, Coaching PNL e Desporto

ENTREVISTA: MÁRCIA COSTA

IMG_4748.PNG

 A DreamAchieve esteve à conversa com Márcia Costa, atleta que foi considerada a Melhor Jogadora (MVP), Marcadora e Defensora Portuguesa da época 2016/2017.

 

DA: Márcia, conta-nos o teu percurso desportivo.

Comecei a jogar no ano 2000 no Clube Naval Setubalense, tinha 10 anos. Gosto muito de contar esta parte porque a minha ida para o basquete não foi por gostar muito da modalidade, até porque na altura fazia atletismo, mas sim porque a minha vizinha disse-me que davam um gelado a quem fosse, (risos) achei que era a minha oportunidade!

Entretanto o clube terminou, e a grande maioria das jogadoras transitou para o Palmelense, que também terminou logo na época seguinte, e foi ai que cheguei a “casa” ao Montijo, onde conclui a formação e fiz os meus primeiros jogos como sénior. No Montijo joguei o meu primeiro ano de Liga, tinha 21 anos, bem mais tarde do que é costume é verdade, mas fui crescendo com o clube e só nessa altura conseguimos chegar à divisão principal. Depois dessa época tive uma proposta da Quinta dos Lombos, foram 3 anos de inúmeros desafios, um deles a experiência de estar pela primeira vez nas competições europeias. Atualmente a minha vida passa pelo Barreiro (GDESSA), clube que me recebeu desde 2015 e que muitas alegrias me tem dado.

 

31513610114431403100011810073009.jpg

 (O GDESSA venceu na época 2016/2017 a Taça de Portugal e consquistou o título de Campeão Nacional)

 

DA: Tiveste uma época bastante consistente e positiva o ano passado, alcançando vários destaques coletivos e individuais, entre eles o prémio de MVP portuguesa. Que valores pões em prática diariamente para alcançares os teus objetivos?

Eu sou uma pessoa muito competitiva, quem treina comigo nas férias e durante a época sabe e sente isso, é a maneira mais direta que eu tenho de me motivar.

Tenho a perfeita noção de que o meu insucesso acontecem quando o meu adversário direto é naquele momento/situação superior a mim, então eu só tenho que me motivar para tardar o erro, que é algo que vai acontecer, mas incomoda-me tanto que faço tudo para passar por essa situação o menos possível.

O que no fundo acontece é que a minha equipa beneficia com isso porque dou o meu contributo como todas tentamos dar, e individualmente é-me reconhecido esse esforço, o que me deixa duplamente satisfeita.

 

IMG_4745.JPG

 (Márcia recebe o prémio de MVP, Melhor Marcadora e Melhor Defensora Portuguesa da época 2016/2017)

 

DA: Com que mentalidade lidas com dificuldades?

Não sou uma pessoa negativa, mas as dificuldades aparecem todos os dias, um treino menos bom, um jogo em que as decisões não foram as melhores. Normalmente eu preciso de alguns minutos após o momento menos bom só para perceber o que realmente aconteceu e porque preciso daqueles segundos de fúria (risos), e umas horinhas depois já só tenho vontade de voltar a estar naquela situação, de voltar a treinar, de jogar… só para provar a mim mesma que está tudo bem e que foi só um momento negativo. E mesmo quando isso se prolonga um pouco mais do que eu estava à espera eu tento manter a mesma filosofia: 

 

"É só uma fase, continua a trabalhar vai tudo voltar ao normal”.

 

IMG_4739.JPG

 

DA: Para ti, quais são as características mais importantes que tem uma equipa exemplar?

Eu acho que existem duas coisas indispensáveis, TRABALHO/EMPENHO e ESPIRITO DE EQUIPA! Algumas pessoas confundem o espirito de equipa com “borga”, também faz parte mas não temos que ir beber café e jantar todos os dias, não temos que sair à noite, apenas tenho que sentir em campo que se eu tremer, alguém vai estar lá para me aguentar. Não é a palmadinha (fácil) nas costas, é simplesmente sentires que a mesma pessoa que é capaz de te “repreender” também te vai dar uma solução e o apoio que precisas para falhares e voltares a ter forças para arriscar. Para mim essa é a mais-valia do espírito de equipa.

 

 

O trabalho é tudo! O talento de alguns e o físico de outros ajudam, mas o trabalho árduo de uma equipa faz muito!

 

IMG_4738.JPG

 

DA: Se pudesses dar um conselho aos atletas que te admiram, qual seria?

Sinceramente, (risos) respeitem o timing  off-season, descanso necessário pós-época e depois treinem coisas mais especificas no verão. Trabalho, faz toda a diferença!

 

IMG_4740.JPG

(Márcia Costa faz parte do Elite Basketball, Programa de treinos de Verão que tem tido bastante sucesso e resultados com atletas da modalidade)

 

DA: A DreamAchieve é um projeto baseado em conhecimentos de Psicologia e Coaching no Desporto, que promove a importância da componente mental, tanto no desporto como também na vida quotidiana.

Para ti, qual a importância de falar destes temas como superação, limite, motivação, reação ao erro, foco e outro?

De extrema importância. Durante muitos anos estes aspetos vinham dissociados daquilo que as pessoas aceitavam como Desporto, sem perceberem que a base de uma boa performance não era apenas uma construção física mas também mental.

 

IMG_4744.JPG

 

 

Hoje penso que é indiscutível esta interdependência, a superação, a reação…, são competências treináveis, e se está comprovada a grande influência que pode ter no sucesso de um atleta, parece-me urgente e fundamental a sua valorização na prática. Trabalho esse que a DreamAchieve tem vindo a desenvolver com sucesso.

 

DA: O que gostarias de fazer quando deixares de jogar basquetebol?

Apesar de dedicar muito tempo ao basquetebol nunca deixei de construir o meu futuro profissional, e quando não der para jogar basquete haverá sempre a minha profissão personal trainer, instrutora de aulas de grupo e muitos projetos dentro da área das actividades físicas.

 

12715555_1073578096031921_5196584114181500319_n.jp

 

EM UMA FRASE DIZ-NOS:

 

Pessoas mais influentes no teu percurso:

António Carlos e Ricardo Robalo

 

Lugar preferido no mundo:

A minha casinha

 

O que mudarias em ti:

O meu mau feitio, mas só de manhã (risos)

 

O que falta às pessoas:

O equilíbrio (loucura, respeito e personalidade)

 

Frase que te caracterize:

A frase que aprendi com o Coach Manaia

“Não faças o que te dá jeito, faz o que tem de ser feito”

 

 

IMG_4735.JPG

 

 

 

 

Segue-nos no Facebook da DreamAchieve 

fb.png