Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

|| DreamAchieve || Sports & Performance

Psicologia do Desporto e Performance || Coaching Desportivo e Empresarial || Formação

|| DreamAchieve || Sports & Performance

Psicologia do Desporto e Performance || Coaching Desportivo e Empresarial || Formação

16 Jan, 2020

ATÉ À FALHA

No Crossfit para encontrar a nossa força máxima num determinado exercício de força, uma das formas de a encontrar é "Ir até à falha". Ou seja, ir aumentando de peso, até que chegamos a um determinado patamar que falhamos o exercício por já não conseguirmos levantar aquela quantidade. Só assim se sabe que realmente estamos na força "máxima".    No outro dia, enquanto treinava, estava a pensar nisso. Estava a tentar encontrar a minha força máxima para 3 repetições em (...)
27 Dez, 2019

NÃO PENSES, FAZ!

Há uns dias atrás meti-me a lançar ao cesto. Deixei de jogar há 8 anos e há quase 2 que não pegava numa bola. Isto quer dizer que há mais de 8 anos que não treino intencionalmente este movimento, e das últimas vezes que lancei - há quase dois anos - foi sem preocupação de melhorar ou sem intenção de marcar.   O interessante é que, sem pensar no movimento e sem sentido competitivo (ok, talvez algum) o meu movimento saiu igualzinho ao lançamento dos meus tempos de (...)
03 Jun, 2019

3 TIPOS DE ATLETAS

  Estava numa sessão com um atleta que já tinha um sucesso reconhecido, tinha capacidade de se focar bastante no seu trabalho diariamente, e estava sempre pronto para trabalhar. Mas disse uma frase que me fez pensar:   "Cheguei a um ponto que, se eu estiver bem, já é uma vitória. Não vou estar a preocupar-me com tudo e com todos. Não quero problemas."   Entendo e respeito a sua posição, mas imediatamente surgiu um esquema na minha cabeça sobre a diferença que há entre (...)
04 Mar, 2019

TRUST THE PROCESS

  Tenho insistido muito sobre a importância do foco no processo.  Mas quando falo em foco no processo, não excluo a importância que ganhar tem para um atleta.    Sempre gostei e continuo a gostar de ganhar. Mas enquanto fui atleta, e mesmo hoje, percebi que tinha muito mais rendimento quando me deixava levar pelos pequenos passos milimétricos que levam ao sucesso final.   Quando a minha mente se focava em ganhar eu ficava nervosa e perdia o controlo da situação, porque os meus (...)
Vivemos num momento de edição. Corta-se, junta-se, e no final só fica o que foi bom para se mostrar na televisão. Os atletas vêm os Highlights da semana, os top 5 do jogo, os top 10 da semana, o resumo do jogo, os golos e momentos, e mesmo sabendo que não foi só aquilo que se passou, parece que se formatam para pensar que é só aquilo que deve acontecer. Falava esta semana com um agente desportivo que me dizia: "Precisamos muito da sua ajuda, os atletas hoje não sabem reagir ao (...)
  Não gosto muito de imprevistos. Preparar-me para uma coisa e acontecer outra, é algo que me afeta, mas ao longo do tempo tenho criado estratégias para me adaptar rapidamente.    Aprendo refletindo sobre o assunto, mas principalmente quando sou posta à prova num imprevisto que surja.    A maior prova foi a minha viagem aos Estados Unidos. Não devo ter sido a primeiro pessoa a passar por algo semelhante, mas até à data não conheço ninguém que tenha passado por algo assim.    Es (...)
    Estava a dar uma formação há pouco tempo, e fiz uma pergunta aos participantes: “Quem aqui quando vai para o ginásio, vai quase a arrastar-se, mas passado uns minutos de exercício a vontade começa a crescer, e no fim até vos soube bem ir?”    Estava esperançosa com as respostas. Queria falar sobre a importância da fisiologia, e da importância de não darmos ouvidos à força de vontade, que nem sempre vem, mas sim aos nossos objetivos.    Resposta 1: “Eu não vou (...)
24 Jun, 2018

DESPORTO MENTAL

É a pressão do jogo que me apaixona. Aquela sensação de que já não há mais tempo, de que só tens aquela oportunidade. É aquele momento decisivo que traz o melhor de mim. Que me faz assumir o potencial que tenho e dizer: “É agora!”    Dou o passo em frente, elevo-me, faço coisas que numa situação normal não faria.    Há quem diga que o desporto só melhora o físico, que é só para os músculos... Não é! É para a mente! É para a vida! É para que tenhamos a (...)
“Vai ter que ser internada” – Disse-me a médica depois do resultado das análises voltarem.   “Não posso, amanhã tenho uma reunião importante, e vou trabalhar.. Não posso ficar aqui.” – Disse eu…   Às vezes estamos tão envolvidos com as nossas vidas, que parece que não ouvimos bem. Parece que a correria do dia-a-dia nos cega o discernimento.   Estava com tantas dores, que não conseguia andar direita.. Então fui às urgências… Dizem-me que tenho que ser (...)